Atos nas dificuldades

Atos nas dificuldades

Diferente de todos os outros livros do Novo Testamento, Atos é o primeiro livro sobre a história da igreja. Uma história que nos ensina e desafia. Será que ainda somos chamados para viver da mesma maneira ou vivemos outros tempos? Acontece que Deus não mudou e Ele ainda chama seu povo para ser Testemunha, fazer discípulos ao proclamar o Evangelho de Jesus até os confins da Terra. Mas esse trabalho não pode ser feito sozinho. Precisamos aguardar. O Espírito Santo será nosso guia.

Não há dúvidas que o livro de Atos é uma continuação do Evangelho de Lucas. Seguindo a história onde o Evangelho parou, o livro de Atos descreve como Jesus, depois de morrer e ressuscitar, chama seus discípulos a anunciar o Reino de Deus, pelo poder do Espírito Santo. Este é o mesmo caminho que todo cristão deve percorrer afim de fazer a vontade de seu Senhor. Usar o poder do Espírito Santo para viver a vida que Jesus viveu!

Nas dificuldades surgem os homens de Deus

(04/09/2016)

“Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários” CS Lewis. “No meio da dificuldade encontra-se a oportunidade” Albert Einstein. "Quando é escuro bastante você pode ver as estrelas." - Lee Salk. Porque os seus planos podem ser bons, mas dos de Deus com certeza são os melhores!
Não estou aqui para dizer que tudo vai dar certo, que Deus vai te fazer um vitorioso, que o teu milagre vai acontecer. Mas para te lembrar que a tua história não é a principal desse enredo. Mas estamos sendo chamado a viver a história de Deus, e por muitas vezes parece que tudo está errado porque insistimos em ver a partir de nosso ângulo, nossa história. Mas os planos de Deus são melhores que os meus. E a maior dificuldade que podemos enfrentar na vida é insistir em viver nossos próprios planos e não os de Deus. O que precisamos entender é que as dificuldades são nossa melhor oportunidade de perceber como nossos planos são pequenos e limitados. Mas que na noite escura das dificuldades é o melhor momento para ver e viver os planos de Deus.

Nas dificuldades o Espírito se evidencia

(11/09/2016)

Estevão – quando a liderança e a comunidade cumprem seu papel novos líderes surgem e o sobrenatural de Deus acontece. Mas as lutas não acabam, também crescem. Mas até os inimigos percebem que a mão de Deus é evidente. Mesmo sem querer se dobrar.

Nas dificuldades o presente imita o passado

(18/09/2016)

Estêvão ministrou poderosamente ao povo até o dia em que encontrou um grupo de judeus encrenqueiros. Depois de ouvir as afirmações verdadeiras a respeito de Deus feitas por Estêvão, esse grupo contou mentiras sobre ele às autoridades judaicas. Por cumprir fielmente suas obrigações cristãs, Estêvão foi preso. Estêvão fez um resumo conciso da história dos judeus aos líderes religiosos, mostrando o quanto eles apenas repetiam os pecados de seus pais, sempre vivendo em rebeldia em relação a vontade de Deus. Mas a grande tragédia é que, diante desses confrontos preferimos vencer do que mudar, permanecer cegos do que enxergar, permanecer mortos do que encontrar em Deus a vida verdadeira

Nas dificuldades Jesus se torna o centro da vida

(25/09/2016)

Estêvão confronta com autoridade e graça os homens que haviam matado Jesus (7.52 “Qual dos profetas vossos pais não perseguiram? Eles mataram os que anteriormente anunciavam a vinda do Justo, do qual vós agora vos tornastes traidores e assassinos”). Homens de dura cerviz com mentes cauterizadas. Ao invés de se arrependerem, se enfurecem e arrastam Estevão para matá-lo a pedradas. Não foi um julgamento, mas um linchamento. Estevão morre como mártir, por amor ao Cristo que o salvou. Mas não sem antes imitar seus passos e nos mostrar o caminho, amando pessoas, mesmo que elas sejam más.

Designed by ijeab / Freepik